quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Dizem que todo artista é louco


“A liberdade é politicamente incorreta.

A liberdade é personalista.

A liberdade não se veste bem, não tem bons modos, não liga para o que os outros vão dizer.

Ser absolutamente livre tem um ônus que poucos se atrevem a pagar.

[...] Dizem que todo artista é louco.

Se loucura e liberdade forem parentes, então concordo.

Pintar, compor, escrever, dançar, tudo isso requer um mergulho num terreno muito perigoso, o da nossa inconsciência.”

Martha Medeiros

Eu vivo me completando... mas falta um bocado.


"Não sou completa, não.

Completa lembra realizada.

Realizada é acabada.

Acabada é o que não se renova a cada instante da vida e do mundo.

Eu vivo me completando... mas falta um bocado."

Clarice Lispector

O que importa é não desistir...


Aprendi deixar crescer em mim o que me faz forte e me permiti ser feliz.

Dou graças à Deus por perceber o que não me deixava viver , sempre soube que todos temos dificuldades, mas o que nos diferencia é o tamanho de nossas forças; o acreditar que tudo é possível; basta termos fé.

Podemos estar em meio as turbulências,sempre haverá um pontinho de luz nos enchendo de esperança e nos mostrando que somos capazes de encontrar uma saída mesmo que seja no último minuto.

Talvez tenha que ser assim; quem sabe?

O que importa é não desistir , é mostrar a cicatriz e dizer: isto foi difícil, mas superei!

E seguir adiante e deixar para trás as fraquezas e medos que atrapalhavam nossas vidas.

Irma Jardim.

Palavra linda, palavra imensa...sa-be-do-ri-a!


Olhei ao redor, já findando mais um ano, e esse, especialmente complicado...

E observando tantas teorias...

As tantas SABEDORIAS...e ficou difícil não se perguntar do que tais tantas nos tem servido...

Palavra linda, palavra imensa...sa-be-do-ri-a!

O que é? Quem tem?

Essa coisa tão falada, tão buscada, almejada, idealizada... essa palavra cara!

E muitos dispostos a pagar bem por ela...

Porque há tantos outros dispostos a comercializar algo a que dão esse mesmo nome...

Mas que sinceramente...

Duvido que sequer parecido seja.

E respondendo a mim mesma, me atrevo a sonhar...

Que sabedoria tem quem entende o que é importante de fato e o que é só cascata...

Quem não precisou desembolsar um só centavo pra ter essa simples compreensão...

Mas exercitou o coração.

Sim, porque a sabedoria de verdade desabrocha é daí!

Do coração...esparramado...

Que te deixa conversar sem agredir, te permite olhar pro outro sem a ânsia de julgar, te dá condições oferecer paciência...bem antes de começarem a brotar muitos desmembramentos do ódio.

Sabedoria, tem quem sabe ouvir...

E gosta de olhar no olho, buscando irmãos, não opositores...

Quem se diverte somando saberes, multiplicando experiências, despertando o melhor de todos com quem esbarra...

Totalmente desatrelado das falcatruas do ego...

Que insiste em separar "bons e maus", "fortes e fracos", "capacitados e débeis", "mestres e aprendizes"...

Sábio... É o que nem sabe que sabe...

Porque está ocupado demais sentindo o outro...

Vestindo a pele do outro...

E deixando que vistam a sua...

E nessas trocas se fortalecem, não se abandonam...tornam-se UM.

Algo dentro nesses anônimos sábios diz que é assim que se constrói um mundo.

Um mundo mais são, um mundo digno da bênção da VIDA!

Algo diz... E o sábio escuta... E crê!

Ah...sabedoria tem é quem crê!

Que esse "algo" que fala é divino!

E compele só ao amor...

Há tantas outras vozes, e gritam em chamamentos frívolos, e competem sobre qual se faz ouvir mais alto...

E a todas o amor silencia...

É sabedoria que procura?

Eu também procuro!

E algo em mim só diz...

Começa então do zero: AMA!

Giovanna Stadnicki

A longo prazo, moldamos nossas vidas e moldamos a nós mesmos.


A filosofia de uma pessoa não é melhor expressa em palavras;

ela é expressa pelas escolhas que a pessoa faz.

A longo prazo, moldamos nossas vidas e moldamos a nós mesmos.

O processo nunca termina até que morramos.

E, as escolhas que fizemos são, no final das contas,

nossa própria responsabilidade.

Eleanor Roosevelt

“Tomara que as nossas vontades coincidam”


"A fé é um exercício pra vida inteira.

Muitas e muitas vezes, eu me distancio incrivelmente dela, achando que posso resolver tudo sozinha.

Não é raro nessas ocasiões, na verdade é bastante comum, eu me atrapalhar toda num turbilhão de emoções que me drenam a energia e o sorriso.

Mas, toda vez que consigo acessá-la, de novo, tudo se modifica e se amplia na minha paisagem interna.

Na fé, eu sou capaz de me dizer, com amorosa humildade, que grande parte das vezes eu não sei o que é melhor para mim.

Eu não sei, mas Deus sabe.

Eu não sei, mas minha alma sabe.

Então, faço o que me cabe e entrego, mesmo quando, por força do hábito, eu ainda dê uma piscadinha pra Deus e lhe diga:

“Tomara que as nossas vontades coincidam”.

Faço o que me cabe e confio que aquilo que acontecer, seja lá o que for, com certeza será o melhor, mesmo que algumas vezes, de cara, eu não consiga entender."

Ana Jácomo

Sou como um barco a vela...


Você pede o meu coração,

e eu só tenho a lamentar,

sou como um barco a vela,

solto à deriva em alto mar.

Talvez não entenda o que eu digo,

pois da praia não dá pra enxergar,

não posso dar o que não me pertence,

por isso sigo a navegar.

Se esse barco meu o fosse,

era o fim da aflição,

pois em ti encontraria porto seguro,

terra firme para o coração.

Mas a maré só escuta a Lua,

e há tempos que as nuvens não deixam enxergar,

as velas rasgaram na ultima chuva,

e minha bússola insiste em não funcionar.

Por tantos portos e tantas praias me aventurei,

e há tantas outras ainda por explorar,

mas ainda não houve nada tão sedutor,

quanto a brisa que me beija em alto mar.

Que os bons ventos me tragam a sorte,

de algum dia um farol em uma ilha encontrar,

de água verde e areia branquinha,

pro meu barco não querer mais voltar.

Rafa Magallhaes .
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...